sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Quando começar a vida escolar das crianças?

Acho que todas as mães e pais corujas ficam com dúvidas quanto ao início da vida escolar dos seus filhos. Quando deve começar? Será que a criança é muito nova? Vai se adaptar?

Como todas nós do Corujices passamos por essas angústias, procuramos  uma profissional da área de educação para tentar ajudar a resolver algumas dúvidas. Enviamos algumas perguntas para a pedagoga e professora Betânia Ferreira,  que é diretora do Colégio Casa Forte. Com mais de 20 anos de experiência em sala de aula, ela fez observações bastante interessantes sobre o assunto. Vamos ler?

Existe idade ideal para a criança iniciar a vida escolar? E complementando: É necessário não usar mais fralda para começar na escola?

Quando a criança já começa a dar os primeiros passinhos, por volta de um ano de idade, já se torna possível acompanhar uma rotina escolar em um ambiente especializado em Educação Infantil. O ambiente estruturado e organizado com atividades direcionadas por profissionais qualificados para a educação infantil só tem a contribuir no desenvolvimento da criança nos aspectos motor, cognitivo, emocional e social.

 A rotina escolar permite momentos específicos para as atividades com música, arte, jogos, brincadeiras e outras que envolvem a psicomotricidade, o que em muito contribui para estimular o aprendizado e a socialização. Na escola, as atividades bem planejadas envolvendo a contação de histórias e outros momentos específicos com destaque à alimentação das crianças permitem uma vasta possibilidade de desenvolvimento.

Não há necessidade de criança não usar mais fralda para iniciar na escola. Convém lembrar, inclusive, que a organização da rotina escolar contribui de forma muito positiva para o processo da retirada da fralda. A ida ao banheiro, nessa fase do aprendizado, torna-se uma atividade divertida e importante para, aos poucos, realçar as primeiras noções de higiene pessoal. Nesse período de retirada de fralda, é possível, inclusive, que uma criança que já não usa mais fralda incentive o coleguinha que ainda está dentro do processo, aproveitando a interação das crianças em compartilhar a experiência no estímulo ao uso do vasinho.

É preciso escolher um turno (manhã ou tarde) específico para a criança, levando em consideração hábitos de sono (se dorme mais) ou é melhor adaptá-la ao turno escolhido?

O turno específico deve ser escolhido a partir das necessidades da criança, em atendimento ao seu reloginho, ao ritmo já observado pelos pais, de modo que ela possa aproveitar o máximo possível as atividades realizadas na escola.

Independente do horário escolhido pela família, a criança – e os pais, muitas vezes – precisará, de qualquer forma,  passar pela fase de adaptação aos novos horários, que precisam ser devidamente respeitados. Neste primeiro momento de adaptação à rotina escolar será importante para reorganizar o horário do soninho de descanso da criança, que pode ser comum tanto durante a manhã quanto no período da tarde.

O que levar em consideração para escolher a primeira escola da criança?

Torna-se muito importante a concepção de que escola e família devem caminhar juntas para o desenvolvimento da criança. A família precisa conhecer a escola e identificar-se com a proposta pedagógica apresentada. A estrutura da escola precisa ser observada pelos pais com um olhar voltado para a criança, para as possibilidades de aprendizado e de convivência da própria criança: os espaços devem  atender ao mundo infantil, precisam ser aconchegantes e seguros, a fim de que os pequenos sintam-se seguros. É preciso não esquecer que espaço para criança deve ser espaço de criança.

A localização da escola também deve ser levada em consideração por conta dos grandes transtornos de trânsito que enfrentamos no dia a dia, para que as crianças não se atrasem nem ao chegar nem ao sair da escola.

A criança vai começar na escola. Que dicas a gente pode dar aos pais para ir preparando o filho para essa novidade?

Pensem no tamanho da novidade!

Aconselhamos que, quando for chegando o momento (duas, três semanas antes do primeiro dia de aulas) os pais conversem livremente com a criança sobre o mundo de descobertas que a escola proporcionará! Falem sobre os novos coleguinhas que vai conhecer (mesmo que os pais considerem que elas não entendem tudo o que está sendo dito). Outra opção é passar pela frente da escola – propositadamente ou não – uma, duas, três  vezes, devagarzinho (pode até parar um pouco na frente) e comentar sobre a nova fase que vai se iniciar em breve. Caso seja possível, mais uma opção que recomendamos que os pais – antes do início das aulas – é que levem a criança para conhecer a escola, de forma que ela possa visitar os espaços e, quem sabe, até conhecer alguns futuros coleguinhas.

Mais alguma observação importante, Betânia, para passar aos pais?  

Papai e mamãe! Vocês precisam considerar o fato de que tudo em uma escola especializada em Educação Infantil estará voltado para atender às necessidades das crianças. Elas estarão sob o cuidado e a atenção de profissionais devidamente capacitados e orientados e, certamente, farão do ambiente escolar e das atividades nele desenvolvidas um lugar bastante atrativo para receber com qualidade os seus filhos.

Lembramos ainda que um detalhe deve ser por vocês considerado: a necessidade de estar à vontade, de demonstrar confiança na decisão tomada e passar para as crianças toda a segurança necessária nessa fase de adaptação à vida escolar. Afinal, trata-se de uma situação nova também para vocês. Concordam?

Ressaltamos, portanto: a escolha de uma instituição séria e comprometida com a educação infantil será fundamental para o conforto da criança e, consequentemente, para a tranquilidade de vocês e de toda a família.